Fale conosco Anuncie Publicidade Sobre o Met@lica
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS FORNECEDORES TABELAS EVENTOS CURSOS NOTÍCIAS
Outro formato

Sobem vendas do setor siderúrgico

O aquecimento da demanda interna e a atratividade das exportações, favorecidas pelo câmbio elevado, estão aumentando as vendas do setor siderúrgico.



Sobem vendas do setor siderúrgico


O cenário foi um consenso, ontem, entre executivos que participaram do 1º Seminário sobre Aços. Dados do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS) mostram que a produção de aço bruto avançou 10,4% nos primeiros dez meses e 16% em outubro, na comparação com 2001. O volume de exportações cresceu 43,3% no acumulado do ano.

O setor não esperava tanto crescimento no fim do ano, disse o gerente de Desenvolvimento da Qualidade do Grupo Gerdau, Clayton Labes, que participou do evento. Para o executivo, o setor siderúrgico está rodando perto do limite de produção. Ele projeta que o consumo interno deverá crescer anualmente pelo menos 1 milhão de toneladas nos próximos anos. Em outubro, as vendas internas avançaram 11,6%, segundo o IBS.

Construção civil

No País, o destaque é a construção civil. Segundo o coordenador de Consultoria Técnica da Açominas, Ronaldo do Carmo Soares, a siderurgia está vendendo 7% a mais de aço para o setor do que no ano passado. Apenas as vendas de vergalhões de aço avançaram 9%. No acumulado do ano, contudo, o volume de vendas de aço no País ainda está 2,2% abaixo do acumulado no ano anterior (o levantamento exclui os semi-acabados, vendidos para o próprio setor).

O coordenador da Açominas explica que a demanda da construção civil é considerada surpreendente, já que não há obras significativas em curso para o segmento de infra-estrutura. Para Carmo Soares, o mais provável é que o consumo pulverizado de pequenos construtores ou pessoas físicas, os chamados formiguinhas, esteja reagindo favoravelmente. Só há essa explicação, argumenta.

No caso das exportações, os executivos concordam em que a cotação do dólar deu uma atratividade maior às vendas externas. O IBS informou, em seu boletim mensal, que as exportações das usinas siderúrgicas somaram 9,5 milhões de toneladas até outubro, 43,3% acima do registrado no ano passado no período. Em valores, o crescimento é de 41,9%, chegando a US$ 2,176 bilhões.

Isoladamente em outubro, o avanço em volumes é de 45,6%, mas chega a 87,5% em faturamento: as exportações aumentaram de US$ 160 milhões em outubro do ano passado para US$ 300 milhões no mês passado.

O gerente de Assistência Técnica da Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST), Geraldo Iran Cardoso, disse que há uma pressão por exportação. Outras siderúrgicas que vendiam principalmente no mercado interno estão fazendo esta opção. Íntegra da reportagem publicada na edição de hoje de O Estado de S.Paulo.

Nilson Brandão Junior
Agência Estado

Notícias

lotus metal fornece ao mercado uma variedade de metais para a construcao e industria
EMPRESAS E PRODUTOS
Lotus Metal fornece ao mercado uma variedade de metais para a Construção e Indústria
ECONOMIA E MERCADO
Retrospectiva e projeções para o mercado de alumínio
CONSTRUÇÃO CIVIL
Telhas galvanizadas
ARQUITETURA
Galeria a céu aberto

leipzig glass hall
ARQUITETURA
Leipzig Glass Hall
CURSOS
ABNT - Primeiras turmas de 2015
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Proteção permanente
CURSOS
Curso Energia Solar Fotovoltaica

empresa francesa inaugura tres parques eolicos no rn
INFRAESTRUTURA
Empresa francesa inaugura três parques eólicos no RN
SIDERURGIA
Gerdau desenvolve novo tipo de aço para fabricação de componente automotivo
ARQUITETURA
Paulista terá novo vão-livre e três centros culturais nos próximos anos
SUSTENTABILIDADE
Edifício sustentável com materiais da Afix é o primeiro com certificação Platinum