Fale conosco Anuncie Publicidade Sobre o Met@lica
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS FORNECEDORES TABELAS EVENTOS CURSOS NOTÍCIAS
Outro formato

Fesqua 2004 - a Feira traz inovações além do Design e da alta tecnologia

Novas formas, novos materiais, ergonomia, segurança e muita tecnologia pautam o amplo setor de esquadrias, que pode contar com a madeira, alumínio, aço e PVC. -



Fesqua 2004 - a Feira traz inovações além do Design e da alta tecnologia

As inovações tecnológicas surgidas nos últimos anos para o setor de esquadrias estão presentes na produção nacional em toda cadeia produtiva deste setor. Novidades como a anodização com aspecto de aço inoxidável, janelas que ao movimentar o fecho mudam de posição obtendo diferentes tipos de ventilação, persianas internas motorizadas com descida automática em função da intensidade da luz, novo conceito para o braço dos fechos, motorização dos caixilhos com operação por botoeira ou controle remoto, isolamento térmico e acústico, utilização de vidros laminados, de segurança e insulados, portões e grades em aço inox, e tantos outros lançamentos estarão presentes na quinta edição do maior evento da América Latina para este setor.

A quinta edição da Fesqua – Feira Internacional de Esquadrias, Ferragens e Componentes, organizada pelo Grupo Cipa Congressos & Feiras Comerciais e promovida pela César Tavares Comunicações, acontece entre os dias 28 de setembro e 01 de outubro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, contando com a participação de 170 expositores e gerando negócios em torno de R$ 250 milhões.

Direcionado para um público profissional formado por arquitetos, construtores, decoradores, engenheiros, serralheiros, estudantes e interessados no setor, a V Fesqua promete esbanjar na versatilidade e tecnologia dos equipamentos, perfis, componentes, máquinas, caixilhos, ferragens, esquadrias prontas, fachadas, chapas de alumínio, revestimentos e tudo que envolva este setor, em um show de vitrines de design, alta performance e tecnologia de ponta.

Conforme César Tavares, da César Tavares Comunicações, é uma oportunidade única de ver reunido em só espaço as maiores e principais empresas do setor, que estarão apresentando seus lançamentos em produtos e também em serviços como linhas de crédito, diferenciais de atendimento, dicas de negócios, etc.

Para José Roberto Sevieri, diretor do Grupo Cipa, a Fesqua vem se mostrando como um evento imprescindível para os fabricantes e profissionais do setor. “Muitos visitantes já deixaram de visitar eventos similares no exterior porque na Fesqua encontram todas novidades internacionais do setor, além de rever amigos, parceiros e a oportunidade de realizar bons e lucrativos negócios”.
--------------------------------------------

Eventos paralelos incrementam a Fesqua e ampliam os relacionamentos profissionais

Paralelamente a Fesqua acontecerá a TecnoFachadas – Salão de Tecnologias e Acabamento de Fachadas; ExpoSerralheria - Exposição de Produtos e Equipamentos para Serralheria; a Metalbuilding – III Mostra Internacional de Estruturas Metálicas e a estréia da Instalar Building - Instalações Elétricas, Hidráulica, Telefonia, Gás e Sanitária.

O destaque será a realização do INOVARQ 2004 – Fórum de Inovações Tecnológicas da Arquitetura e Construção: Fachadas e Sistemas Construtivos, reunindo arquitetos, engenheiros e outros profissionais para discutir temas atuais e apontar novas tendências em esquadrias e fachadas.

-----------------------------------

Mercado é amplo

Conforme a AFEAL - Associação Nacional dos Fabricantes de Esquadrias de Alumínio, entidade que apóia a Fesqua, o mercado de esquadrias no Brasil conta com 40% de participação dos produtos de madeira, 20% em alumínio, 1% em PVC e os outros 39% em aço.

Na opinião de Antonio Molina Spinna, presidente da AFEAL, o setor no Brasil vem mostrando-se no mesmo nível dos principais produtores do mundo com um volume de 65 mil toneladas de alumínio consumido pela indústria de esquadrias apenas em 2003. Os dados atuais já constatam um crescimento do segmento no primeiro semestre em relação ao ano passado, mesmo sem o fechamento.

As inovações tecnológicas surgidas nos últimos anos para o setor estão presentes na produção nacional como a anodização com aspecto de aço inoxidável, janelas que ao movimentar o fecho mudam de posição obtendo diferentes tipos de ventilação, selantes de silicone, chapas em pet, persianas internas motorizadas com descida automática em função da intensidade da luz, novo conceito para o braço dos fechos, motorização dos caixilhos com operação por botoeira ou controle remoto, isolamento térmico e acústico, utilização de vidros laminados, de segurança e insulados.

-------------------------------

Madeira, Alumínio, PVC, Ferro ou Aço (inclusive aço inox)

As esquadrias em madeira reinam absoluto na nobreza e requinte. O efeito estético parece ser eterno neste material que jamais deixará de ser nobre. Porém, todas as atenções estão voltadas para a preservação da natureza e a atenção na hora de escolher uma marca se faz necessário. As empresas deste setor estão cada vez mais investindo no reflorestamento e nas madeiras certificadas. Um bom exemplo é a empresa Mado Portas e Janelas que estará participando da Fesqua dentro do estande do Instituto Idea. Na opinião de arquitetos e decoradores a única desvantagem da esquadria de madeira, claro, sendo sempre fabricada sobre os cuidados da natureza e normas técnicas, é que este material exige um maior cuidado, como a aplicação de verniz constante e tratamento anti-pragas e impermeabilizante.

Já o segmento de esquadrias em PVC tem atraído bastante a atenção dos profissionais e consumidores por oferecer diferenciais como isolamento termo-acústico e economia de energia quando associado a vidro-duplo. Perfis prontos de diferentes cores proporcionam aspectos contemporâneos, além da praticidade e resistência a ações químicas, biológicas e naturais.

A abertura deste segmento no Brasil encabeçada por empresas como a Tigre, Weiku do Brasil, Veka do Brasil , Kommerling e, mais recentemente a portuguesa Caixiave, todas presentes na Fesqua, tem expandido enormemente a comercialização destas esquadrias. Na opinião de profissionais, sua maior desvantagem ainda é o preço, mas que por outro lado, tendências apontam seu barateamento depois que ficar mais popularizada. Conforme o Diretor da Caixiave Brasil, Sérgio Sedório, as vantagens das esquadrias são determinantes, já que a caixilharia usa matéria prima de praticamente custo zero de manutenção, pos não deteriorar com o tempo, é inerte e reciclável, tornando-se a matéria prima do futuro.

Os perfis de alumínio têm como principais características a alta durabilidade e a inexistência de manutenção, além de resistir mais às condições do tempo, não perde o brilho, não oxida e também é reciclável. Por outro lado tem ainda preço elevado.

Estudos do Instituto Fraser do Canadá, indicam que o Brasil é o terceiro maior pólo de atração de investimentos no setor, atrás apenas do Canadá e Austrália. Um bom exemplo de empresa que deu certo no segmento de esquadrias de alumínio é a Belmetal.

Presente no mercado há quatro décadas, a Belmetal, que é expositora da Fesqua, leva para o evento linhas consagradas de esquadrias em alumínio como a Bel Line, oferecendo portas e janelas com persianas integradas. Porém as atenções da empresa no evento estarão voltadas ao lançamento da Porta Imperial Open que possui duas chapas de alumínio prensadas com poliuretano em seu interior formando espessura de 20mm. O produto oferece vantagens como isolamento térmico acústico e resistência de estrutura e peso apropriada aos perfis do alumínio.

Quem também aposta no mercado de esquadrias em alumínio é a Udinese que estará lançando novos componentes de cremonas de alto desempenho para portas e janelas de correr, conceito que era utilizado fortemente nas esquadrias de PVC, e agora a empresa disponibilizará essa solução também para o mercado de esquadrias de alumínio.

O aço é de longe o mais barato dentre os materiais de composição de esquadrias, pode ser facilmente moldado e oferece grande segurança. Porém não é recomendável a utilização em locais próximos ao litoral, pois a ação da salinidade do ar acelera o processo de oxidação, comprometendo irremediavelmente sua resistência e segurança.

Uma das grande novidade e atração da Fesqua será a participação da empresa italiana Rik-Fer, que trará para o evento sua arte em portões, grades, corrimões em estilo clássico e barrocos em ferro forjado e uma linha contemporânea em aço inox.

A famosa empresa, conhecida pela imponência de seus produtos fabricados desde 1960, traz requinte nos detalhes de deixar de boca aberta qualquer leigo no assunto. Os portões em ferro forjado são produzidos a mão que lembram os antigos artesões. Mas, sem dúvida, as novidades nunca vistas no Brasil da linha de produtos em aço inox, como portões, corrimãos, grades e outros, irá fazer muita gente sonhar. Vale a pena conferir.

---------------------------------------

Revestimentos em alumínio para fachadas, escritórios, etc.

Algumas empresas expositoras da Fesqua estarão apresentando diversas soluções e idéias para revestimentos de ambientes internos e externos. É o exemplo da Day Brasil e Belmetal. A Day Brasil destaca sua linha Alu Revest, revestimento em chapas 100% alumínio pra fachadas e interiores, pré-pintados pelo moderno sistema coil coating, que garante uniformidade da cor por mais tempo e maior resistência a agentes externos. Suas vantagens são leveza, já que diminui a sobrecarga nas estruturas e facilita o manuseio na obra, além de apresentar excelente planicidade e alta resistência aos agentes atmosféricos.

A Belmetal estará dispondo de diversas linhas para revestimentos como a Wallcap, painéis 100% alumínio e a Alucobond, revestimentos de alumínio composto (ACM), ambos para revestimentos internos e externos.

---------------------------

Boa notícia! Linha de crédito especial para Serralheiros

O Banco do Brasil criou uma linha especial de crédito superfacilitada para pequenos e médios fabricantes, na faixa de até R$10 mil, divididos em parcelas de baixo valor e taxa de juros baixa. A linha de crédito foi anunciada pelos executivos do Banco do Brasil no 10o. Encontro de Atualização Tecnológica para Fabricantes de Esquadrias, realizado nos dias 27 a 30 de abril, devendo garantir o êxito do recém-criado Plano de Modernização para Fábricas de Esquadrias (PMFE), lançado especialmente no evento. O maior objetivo é a conscientização dos serralheiros em adquirirem maquinários modernos para a produção adequada de esquadrias, e assim, competir com igualdade nos mercados nacional e internacional.


------------------------------------

Mais informações sobre o evento pelo site www.cipanet.com.br.


V Fesqua – Feira Internacional de Esquadrias, Ferragens e Compontes

De 28 de setembro a 1o. de outubro de 2004, das 14 às 21hs

Centro de Exposições Imigrantes – Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo

Notícias

indicadores da construcao sao os piores da decada
CONSTRUÇÃO CIVIL
Indicadores da construção são os piores da década
CURSOS
Projeto de Lajes Protendidas em Edifícios
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Novas ligas anticorrosão
EMPRESAS E PRODUTOS
Lotus Metal fornece ao mercado uma variedade de metais para a Construção e Indústria

retrospectiva e projecoes para o mercado de aluminio
ECONOMIA E MERCADO
Retrospectiva e projeções para o mercado de alumínio
CONSTRUÇÃO CIVIL
Telhas galvanizadas
ARQUITETURA
Galeria a céu aberto
ARQUITETURA
Leipzig Glass Hall

CURSOS
ABNT - Primeiras turmas de 2015
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Proteção permanente
CURSOS
Curso Energia Solar Fotovoltaica
INFRAESTRUTURA
Empresa francesa inaugura três parques eólicos no RN